Capacitação para Mestre de obras: como se tornar um profissional mais qualificado para o mercado de


Desde os primórdios da humanidade, a construção civil está presente no mundo com as moradias e crescimento das cidades. Logo, esse setor de trabalho é um dos mais antigos no mundo. As técnicas artesanais eram passadas de pai para filho e hoje ainda o setor paga um preço alto por esta falta de qualificação de muitos trabalhadores que nem sempre têm estudo, ou se quer, antigamente sabiam ler.


No entanto, isso é um problema que pode ser resolvido se o profissional quiser mudar o seu quadro de aperfeiçoamento, até mesmo para melhorar a própria empregabilidade. Vale lembrar que tal ideia vale todos os setores de trabalho.


Neste artigo, vamos falar especificamente do “Mestre de Obras", profissional muito requisitado na construção civil e que, atualmente, deve ter boa qualificação para melhorar cada vez mais sua condição de trabalho.


Quer saber o que ele deve fazer para se tornar um profissional mais qualificado para o mercado de trabalho? Então você está no caminho certo, continue lendo este artigo até o final.


- O que é um mestre de obras?

- Quais as funções de um mestre de obras?

- Quais as competências técnicas deve ter um mestre de obras?

- E quais as competências comportamentais?

- Dicas de cursos para melhorar a empregabilidade no setor.



Antes de você saber o que é um mestre de obras, é preciso entender que: quando mais de uma pessoa faz determinado serviço em qualquer profissão, é preciso ter alguém para liderar ou coordenar. Nenhuma equipe consegue realizar um trabalho se cada um estiver trabalhando por si. Ou então isso não é equipe, não é verdade?


Na construção civil, dentro de um canteiro de obras, isso não vai ser diferente. A partir daí você vai conseguir entender...


O que é um mestre de obras?


É até clichê dizer que: para uma obra de reforma ou construção ser executada dentro dos padrões legalizados, é preciso de engenheiro ou arquiteto como responsável pelo projeto. No entanto, no canteiro de obras, um profissional imprescindível é o mestre de obras que vai ser o líder ou coordenador os profissionais de toda a equipe de trabalho. É ele quem vai fazer:


- a gestão de comunicação com o dono do empreendimento;


- evitar atrasos no cronograma, desperdícios, custos extras;


- contratar pessoal qualificado;


- verificar o recebimento dos materiais e a qualidade do trabalho.



Não confunda: mestre de obras com encarregado de obra. Enquanto o primeiro é o coordenador de todo o canteiro de obras, o segundo é líder de uma equipe específica de trabalho, por exemplo, dos eletricistas. Mas estamos, neste caso, falando de grandes empreendimentos com centenas de profissionais, certo?




Em obras menores de reforma ou construção de casas, o encarregado pode cumprir perfeitamente a mesma função do mestre de obras.


Falando em função de trabalho...


Quais as funções que um mestre de obras pode exercer?


Com uma folha branca e uma caneta, é o mestre de obras que vai fazer um esboço do local da obra e fazer um pequeno desenho do canteiro de obras e demarcar onde ficarão os espaços de trabalho e armazenamento do material a ser utilizado no canteiro de obras. Não se preocupe, você não precisa ser desenhista.


Uma vez que o mestre de obras tem que acompanhar as construções ou reformas do início ao fim, obviamente ele deve exercer muitas outras funções além de gerenciar o pessoal, comunicação com os superiores da obra, ele vai:


- Analisar o projeto junto aos engenheiros e arquitetos;

- Compor toda a equipe (com a contratação de pessoal qualificado);

- Coordenar todo o trabalho no canteiro de obras;

- Garantir a qualidade do serviço realizado;


- Zelar pela organização, limpeza e armazenamento não só dos produtos utilizados, mas como de todo o canteiro de obras, evitando erros de desperdício. Neste ponto, falamos de gerenciamento de resíduos da construção civil (RCCs). O uso da caçamba no canteiro de obras. Instruir os profissionais quanto ao uso correto para o recolhimento dos RCCs de forma organizada na caçamba.

- Conferir as especificações de todo o material adquirido para a obra;

- Garantir que a equipe utilize todos os equipamentos de EPIs para a segurança do trabalho.

Quando falamos em funções de determinado trabalho, falamos também de conhecimento técnico


Quais as competências técnicas deve ter um mestre de obras?


Esta é uma profissão praticamente dominada pelo universo masculino. Segundo o mapa de carreiras do site Vagas.com, 100% do mercado é composto por homens. E Para que o mestre de obras seja um profissional diferenciado no mercado de trabalho é imprescindível que ele tenha algumas competências técnicas como:


- Leitura e interpretação (capacitação técnica) para projetos e plantas;

- Habilidade na comunicação para gestão de pessoas e conflitos;

- Conhecimento de novas tecnologias exigidas no mercado da construção civil;

- Utilização consciente dos materiais do canteiro de obras



Além de conhecimento técnico é preciso ter competências comportamentais, não é verdade?


E quais as competências comportamentais?


Dentro desse item, é como se fizéssemos uma pergunta: como deve ser o comportamento desse profissional no canteiro de obras. Além de ser um profissional organizado, ele precisa de competências como:


- Ser um bom líder e ter espírito de equipe;

- Ter boa relação interpessoal para gerenciar os conflitos;

- Planejamento e controle do trabalho;

- Boa gestão de tempo para cumprir prazos de cronograma;

- Agilidade raciocínio nas conferências dos materiais do almoxarifado;

- Atenção com a equipe, local e trabalho realizado;




- Excelência no atendimento ao cliente;

- Capacidade de decisão para qualquer posição a ser tomada no canteiro de obras

- Ter iniciativa e ser proativo;

- Equilíbrio emocional (para qualquer profissional que deseja novas oportunidades no mercado de trabalho)


Agora que você já sabe quais as competências um mestre de obras deve ter, eis a pergunta:


O que é preciso para ser um bom mestre de obras


Numa resposta rápida: Qualificação é fundamental.


Os processos de aprendizado de antigamente já estão fora do mercado de trabalho.


Não é preciso ensino superior. O ensino médio já é suficiente, porém o mercado tem exigido cursos de atualização do profissional:


Dicas de cursos para melhorar a empregabilidade no setor.

São diversos cursos técnicos e práticos que o mercado da construção civil oferece. Logo você vai procurar aqueles que melhor atendem àquilo que você precisa.


Curso Técnico em Edificações – diversos CEFET disponibilizam esse curso. Verifique o centro técnico da sua cidade.



O Senai disponibiliza vários cursos no setor da construção civil. Verifique a unidade do seu estado para se inscrever.


O site www.parceirodaconstrucao.com.br oferece cursos rápidos on-line gratuitos com certificado.


- Cursos de gestão e liderança de pessoas. Na internet, são disponibilizados vários cursos on-line gratuitos com certificados. Procure pelas palavras-chave que você encontrar.

Dê preferência aos cursos com certificados, pois muitas empresas prezam pela comprovação técnica para o preenchimento da vaga.

Mas não quer dizer que você não pode procurar por outras formas de aprendizado como trabalhos voluntários, ou adquirir conhecimentos por meio de redes sociais, por exemplo o Youtube, Instagram ou Facebook para aprender outras dicas para se atualizar.



Gostou dessas dicas sobre a profissão de mestre de obras? Quer muitas outras? Continue acompanhando nosso blog!


E se você chegou até aqui é porque leu esse conteúdo e aprendeu que, além de outras competências, esse profissional precisa ser organizado e deve zelar pela limpeza do canteiro de obras, não é verdade? E falando nisso, que tal alugar agora mesmo uma caçamba para manter limpa a obra que você está fazendo ou planeja fazer? A Alugalogo resolve o seu problema de maneira rápida e prática! Clique aqui e veja como é fácil!