Volta às aulas: sustentabilidade na lista de material escolar é possível!

Todo início de ano é sempre a mesma história: volta às aulas e a preocupação dos pais com a compra do material escolar, uma vez que muitos itens da lista chegam a enormes diferenças de preço.


É uma questão de oferta e demanda: quanto mais procura, mais aumento de preços. No entanto, o assunto aqui não é de área econômica e sim, sustentabilidade


Como assim, sustentabilidade na compra do material escolar? Saiba que é perfeitamente possível utilizar de maneira sustentável a lista exigida na escola. Afinal este assunto é também questão de educação e...

A educação vem do berço, começa em casa!


A mudança de hábitos relacionados à sustentabilidade, cuidados com o meio ambiente, a gestão do lixo não devem ser “trabalhados somente na escola”, mas também em casa: é papel de toda a sociedade. E nada melhor do que ensinar as crianças a cuidarem do meio ambiente, começando pelo material escolar.



Neste artigo, vamos dar várias dicas simples de como ter uma lista de material sustentável e assim fazer a sua parte para colaborar com o bem estar do planeta.

Falaremos aqui sobre:


Falaremos aqui sobre:


- Planejamento,


- Como reaproveitar e fazer a manutenção dos principais itens (pessoais) exigidos na lista?


- Livros didáticos, onde adquiri-los?


- Reforme o uniforme.


- Utilize materiais sustentáveis ou reciclados


Mas antes de adquirir os produtos da lista, é preciso...


Planejamento!


Planejar nunca é demais, não é verdade? É uma ação importante em todo trabalho que vamos realizar.


- Estabeleça um valor que caiba em seu orçamento, para não ter dor de cabeça depois.


- Pesquise os preços até nas lojas on-line a fim de não cair na armadilha da “primeira loja”, aquela em que, por falta de tempo, vai “acabar” comprando tudo.


- Com a lista nas mãos, reveja todo o material que sobrou do ano anterior, isso pode te economizar um bom dinheiro na hora da compra. Então...


Como reaproveitar e fazer a manutenção dos principais itens (pessoais) exigidos na lista?


Cadernos


Você sabia que para produzir uma folha de papel A4 são gastos 10 litros de água? E um caderno de 80 páginas? São no mínimo 800 litros, sem contar o gasto com a capa, grampo ou espiral.

Reutilize um caderno brochura, com poucas folhas usadas. Retire as folhas velhas, (reaproveitando a outra parte que sobrou) e vai ter um caderno novo, mesmo que seja com menos folhas. Ele pode ser usado por uma matéria com menos aulas ou até mesmo de rascunho para os estudos.

E os cadernos em espiral? Se forem poucas folhas usadas, descarte-as e pronto, você terá um caderno novo.


Caso mais da metade dos cadernos estiverem usadas e o arame for tipo mola, é possível refazer a encadernação comum de gráfica. O ideal é que os cadernos sejam da mesma marca.


- Separe os cadernos nos quais vai refazer a encadernação;


- Observe bem a maneira de “trava do arame” vinda de fábrica ou tire uma foto.


Ainda é possível customizar a capa, com:


- Adesivos, plásticos coloridos, papel pintado e algum tipo de tecido. São ideias muitos simples de reaproveitamento.


Lápis preto e coloridos

Veja quantos lápis ainda podem ser usados tanto o preto como os coloridos. Algumas papelarias vendem lápis de cor avulsos ou caixas com 6 cores.





Borracha


Se estiver muito suja, lave só com água, tire o excesso e deixe secar “ao ar livre”. “Desmanchar ” uma parede branca é outra boa dica de limpeza.


Apontador, régua, tesoura, compasso, lapiseira:


Esses itens têm durabilidade até maior que 12 meses. Se estiverem sujos, basta limpá-los com pano e álcool ou lave-os com água e sabão. Tenha cuidado com a secagem para não enferrujarem as partes de aço ou ferro. Não lave compassos e lapiseiras.


Estojo ou a bolsinha de lápis


São itens que também podem ser lavados, mas cuidado com as partes de ferro ou aço.

Caneta esferográfica e hidrocor


Para as primeiras, algumas marcas vendem só carga. A caneta hidrocor também é vendida avulsa.

Giz de cera



Se não foram totalmente utilizados no ano anterior, dê um trato: raspe a sujeira com uma faca ou estilete. Se achar conveniente, corte as pontas, mas tenha cuidado para não desperdiçar muito o produto.


Tintas e pincéis


Use tintas à base de água, (guache). Isso diminui a poluição dos rios. Para usar esse material em casa, faça você mesmo tintas naturais, à base de urucum, açafrão etc. Limpe os pincéis com papel antes de lavá-los, assim vai gastar menos água. Tente aproveitar os potes e vidros de tinta do ano anterior. Se não tiverem totalmente usados, limpe-os e lave as tampas.





Cola


Se o vidro estiver sujo, lave o vidro por fora e vai parecer novo.


Mochila e lancheira


Cuide bem da mochila e da lancheira. Limpe ou lave frequentemente. Se tiver um problema no zíper ou furo no fundo (se ela for de tecido), faça um orçamento para conserto. As mochilas mais em conta (porém de menor durabilidade) têm um preço mínimo de R$ R$80,00 a R$100,00. Talvez valha a pena o conserto, não é verdade?

Você pode ainda dar um toque especial e colar adesivos (de super-heróis, bonecas, animais) do gosto da criança em todos os itens usados. Eles ficarão com aspecto de novo.


Mas a escola exige os livros e o uniforme...

Livros didáticos, o que fazer com eles?


Procure por livros usados em livrarias sebo on-line. Estas são têm maior facilidade para negociação. Encape os livros para que eles durem mais tempo. Coloque à venda os livros do ano anterior se ainda estiverem em uso ou faça trocas entre colegas de outras séries.


Reforme o Uniforme


Leve à costureira para um pequeno furo na peça, uma bainha ou parte da roupa descosturada, assim como problemas de elástico, botões ou zíper. Você vai economizar na compra de um uniforme novo.


Veja com os pais de alunos de outras séries a possibilidade de trocas de peça para economizar na compra.



Se após todas estas dicas de aproveitamento, ainda precisar adquirir itens novos...


Utilize materiais sustentáveis ou reciclados.


Adquira lápis e cadernos de madeira de reflorestamento. Nas embalagens e capas existem estas indicações. Dê atenção a isso.

Compre vidro maior de cola (500ml ou 1000ml) para “abastecer os vidros pequenos”, sai mais em conta.

Adquira caderno, lápis, borracha, cola, caneta fora do início do ano. Alguns preços ficam mais em conta nos meses de setembro ou outubro.

Viu como é fácil fazer uma “volta às aulas de maneira sustentável”?

Mesmo que sejam pequenas ações, se cada um fizer um pouco, isso ajuda muito na conservação do meio ambiente. Mas você deve estar se perguntando:


O que material escolar tem a ver com canteiro de obras?


Teoricamente nada, mas você pode reaproveitar:


Um caderno já usado para fazer anotações da obra, manter os pincéis e latas de tintas limpos, assim como canetas, lápis e réguas que podem ser utilizados no canteiro, não é verdade?

E falando nisso... Você precisa de uma caçamba? Alugue agora na Alugalogo.


Ah... Você não precisa, mas seu amigo precisa! Então indique nosso site para ele! É rápido e fácil.


Não deixe para amanhã o que você pode fazer agora!

Também não se esqueça: Acesse nosso blog, porque assuntos de construção civil, canteiro de obras e sustentabilidade são o nosso forte! Cada semana um assunto novo!