Você sabe aplicar o Programa 5S no canteiro de obras?

O 5S é um programa ou metodologia que, não só pode, como deve ser aplicado na empresa, a fim de melhorar a qualidade da produção no ambiente de trabalho. Você vai ver nesse artigo que este programa com técnicas de organização, limpeza e conduta dos trabalhadores propõe soluções para qualquer empresa, uma vez que tudo isso passa interferir nos processos organizacionais de forma geral.


No setor da construção civil, funciona do mesmo modo. Basta somente adequar ao esquema de trabalho. E os resultados certamente irão aparecer.


A nossa abordagem aqui é sobre:


- A origem do 5S.


- O que significa cada S?


- Como aplicar o 5S no canteiro de obras?


- E por que aplicar o 5S?



O Programa 5S é uma forma de mudança na mentalidade organizacional das empresas para melhorar a qualidade de vida como um todo.


A origem do 5S


Originado no Japão após a segunda guerra mundial, o Programa 5S foi uma forma de reconstruir o país que estava arrasado pelo conflito que terminou em 1945. A implantação de programas de qualidade total nas indústrias colaborou para o reerguimento econômico da ilha nipônica.


Com o passar dos anos, o modelo foi sendo incorporado nos EUA e em outros países. No Brasil, o 5S chegou no início da década de 1990 com uma adequação de tradução para o português acrescentando-se a expressão “senso de”.


Com o passar dos anos, o modelo foi sendo incorporado nos EUA e em outros países. No Brasil, o 5S chegou no início da década de 1990 com uma adequação de tradução para o português acrescentando-se a expressão “senso de”.



O que significa cada S?


Como o próprio nome indica, são cinco palavras japonesas começadas com a letra “S”que em português significam:


Seiri (senso de utilização)


O objetivo é analisar os equipamentos e materiais quanto à utilização de cada um. Os que não são mais necessários no canteiro de obras, devem estar disponibilizados de maneira correta.


Seiton (senso de organização)


Este S tem relação com o armazenamento e disposição de materiais e equipamentos. Ou seja, quanto mais organização, maior a produtividade.


Seiso (senso de limpeza)


O senso de limpeza permite uma duplicidade de sentido. Aqui estão dois conceitos de limpeza: um aliado à higiene e salubridade do local (descarte correto de RCC) e outro que faz referência à clareza e honestidade quanto às relações de trabalho.




Seiketsu (senso de padronização e saúde)


Este senso trata de formalizar a normalização dos novos padrões de 5S no ambiente de trabalho, na saúde e segurança dos colaboradores.


Shitsuke (senso de disciplina)


Maquinário e insumos não são os únicos componentes do ambiente de trabalho. Logo, faz-se necessária a mudança de comportamento da equipe com o Shitsuke, bem como o preparo para as novas diretrizes estabelecidas em cada empresa.


Dados os conceitos de cada S, fica mais fácil entender na prática. Então..



Como aplicar o 5S no canteiro de obras?


Primeiramente, é preciso criar uma comissão interna na empresa para implementar o Programa. O ideal é que estejam envolvidos o engenheiro responsável ou arquiteto, o mestre de obras e profissionais que tenham perfis comportamentais ligados a essas questões organizacionais.


Depois de criada a comissão:


Verifique os pontos de melhoria no canteiro de obras:


Faça uma relação de equipamentos e materiais utilizados, com o objetivo de detectar prejuízos e atrasos no trabalho. Isso diminui a quantidade de desperdício nas atividades realizadas.


Crie um cronograma ou faça um planejamento das ações organizacionais:


A ideia é semelhante ao planejamento da obra em si. Estabeleça prazos e direcione as atividades para que sejam cumpridas.


Capacitação de equipe


Dê cursos de treinamento e alternativas de aprendizagem aos trabalhadores. A certificação ISO 9001 é uma excelente alternativa para melhorar a qualidade do trabalho da empresa.

Com todos esses pontos organizados no canteiro de obras, implemente as tarefas e atividades de cada um dos S.


- Utilização correta e organização dos equipamentos e materiais;


- Limpeza do canteiro de obras (tenha em mente que: não sujar é mais importante do que limpar);





- Normalização de saúde e segurança dos trabalhadores;


- Disciplina para mudança de comportamento dos colaboradores.



Faça reuniões periódicas com a equipe de trabalho


Converse, troque ideias e revise as atividades para avaliar o processo organizacional implementado. Ao encontrar algum problema relacionado 5S, reformule o trabalho, se for preciso.


Ressalte os pontos positivos (isso enaltece o trabalho da equipe) e corrija as falhas no processo.




Na verdade, implementar novas formas de trabalho nem sempre é fácil, mas persistência é fundamental nesse processo.

Com reuniões e avaliações periódicas no 5S é perfeitamente possível entender o gerenciamento do trabalho quando se quantifica todo o material e equipamentos utilizados no canteiro de obras. Nunca se esqueça do correto gerenciamento de resíduos que vai ajudar muito no processo de redução de gastos na obra.



E por que aplicar o 5S?


Porque o 5S reduz gastos, melhora a organização no canteiro de obras, com isso aumenta a qualidade e produtividade do trabalho e consequentemente gera mais lucro para empresa.

Um ambiente mais organizado e limpo tem muito maior visibilidade no mercado de trabalho e isso só ocorre com mudança de postura de todos da equipe.

Agora que você já sabe como implantar o 5S na sua obra, que tal começar a colocar em prática fazendo um bom gerenciamento de RCC?


E para isso você vai precisar de caçamba, não é verdade? E quem vai resolver esse assunto para você é a Alugalogo. Faça um orçamento de caçamba agora! Não perca tempo! É rápido, prático e fácil!