Desenvolvimento sustentável: as ODS e a construção civil


A sustentabilidade não diz respeito somente à preservação ambiental, mas também a questões econômicas, sociais e culturais que, em conjunto podem impactar no equilíbrio do desenvolvimento. Temas como esses têm se tornado cada vez mais presentes em nosso dia a dia.


Mas, você sabe o que são os ODSs e qual a relação deles com a construção civil?


Neste artigo vamos falar sobre sua definição e como podem ser aplicados.


Desenvolvimento sustentável


É importante em primeiro lugar, saber que desenvolvimento sustentável, é aquele que visa o crescimento social e econômico justo da população, sem prejudicar o meio ambiente e garantindo acesso aos recursos naturais para as gerações seguintes. Diante desse desafio, em setembro de 2015, a Organização das Nações Unidas (ONU) reuniu 193 Estados-membros em Nova York (EUA) para formar diretrizes e metas transformadoras em prol do desenvolvimento sustentável.


Nesta ocasião, houve a criação da Agenda 2030, plano de ação para promover vida digna para todos dentro dos limites capacitivos do planeta. O documento foi estabelecido a partir de 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – mais conhecidos como ODS’s – que possuem metas que devem ser atingidas não somente por Governos, mas, também, por empresas, instituições e sociedade como um todo.


A construção civil e o desenvolvimento sustentável


A construção civil é um dos principais setores industriais do mundo, sendo responsável por desenvolver obras de infraestruturas necessárias para a vida urbana em sociedade. Porém essas atividades consomem uma ampla escala de recursos naturais, que impactam o meio ambiente e, consequentemente, o desenvolvimento sustentável.


Por isso, a sustentabilidade tem ganhado cada vez mais espaço neste setor ao utilizar soluções e mecanismos que não só reduzem o impacto ao meio ambiente, mas, também, proporcionam crescimento e produtividade com custos menores.


Entre os ODSs que têm relação direta com a construção sustentável, podemos citar:


  • Água e saneamento para todos (ODS 6);

  • Energia acessível e limpa (ODS 7);

  • Indústria, inovação e infraestrutura (ODS 9);

  • Cidades e comunidades sustentáveis (ODS 11);

  • Consumo e produção responsáveis (ODS 12).


Água e saneamento para todos


Atualmente, adotar estratégias para economizar e otimizar o consumo de água potável é um requisito básico até mesmo para se obter certificações como AQUA-HQE e LEED, por exemplo. Entre os sistemas mais usados estão a coleta de águas pluviais e o reuso de águas cinza, ambas podem ser utilizadas para fins não potáveis como lavagem de áreas externas e de automóveis e máquinas, irrigação de áreas verdes e descargas sanitárias.


Energia sustentável e limpa


É importante pensar em implementar construções que coloquem sistemas de captação de energia solar fotovoltaica, dessa forma, além de diminuir a conta de luz dos moradores, ela também é uma fonte de energia limpa que não demanda de recursos não renováveis. Além disso, países como o Brasil, têm capacidade de atender a uma demanda 170 vezes maior que a necessidade atual.


Indústria, inovação e infraestrutura


O objetivo de Desenvolvimento Sustentável número 9 tem como meta construir infraestruturas que promovem a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação. Com isso, a expectativa é aumentar a participação da indústria na criação de emprego, elevar o acesso das pequenas indústrias e empresas aos serviços financeiros, fortalecer o crescimento de infraestrutura sustentável.


Cidades e comunidades sustentáveis


Se refere às cidades e comunidades sustentáveis, com o objetivo torná-las mais humanas inclusivas, seguras e sustentáveis. A sustentabilidade de uma edificação particular ou de uma obra de infraestrutura urbana não deve estar ligada somente aos sistemas construtivos em si, é preciso buscar uma relação com o espaço e com a população.


Consumo e produção responsáveis


Visa assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis e responsáveis. O consumo exacerbado de recursos naturais pode trazer consequências graves para as gerações futuras, além de aumentar substancialmente a geração de resíduos que acabam não encontrando uma destinação adequada.


A aplicação dos ODS’s norteando a construção civil, possibilitará que o setor se desenvolva em sintonia com o planeta, atendendo às necessidades de moradia da população em crescimento e preservando os recursos naturais disponíveis.


Gostou do artigo? Então comente o que achou, e nos siga nas nossas redes sociais, sempre trazemos dicas e novidades sobre locação de equipamentos para construção, reforma, sustentabilidade e muito mais!


Facebook: facebook.com/alugalogo

Instagram: instagram.com/alugalogo

LinkedIn: linkedin.com/company/alugalogo/


#Alugalogo #digitalização #ODS #digital #caçamba #social #todosportodos #construçãocivil