Compliance e ESG na construção civil


Os termos ESG e compliance, são estrangeiros, e podem parecer complicados em um primeiro momento, mas começaram a aparecem mais, principalmente no mundo corporativo recentemente, mas se essas palavras causam estranhamento, saiba que elas têm um papel relevante no mundo atual, na mudança e diretrizes, comportamentos e práticas das empresas, principalmente na construção civil.


Pensando nisto, a Alugalogo desenvolveu este artigo para você entender sobre o que é compliance, ESG e qual a relação desses termos com a construção civil, confira mais no texto abaixo.



O que é compliance?


Em inglês to comply é um verbo que significa estar de acordo com uma regra, já o significado da palavra compliance tem relação com a conduta da empresa e sua adequação às normas dos órgãos de regulamentação.


O que é compliance nas empresas? É estar em conformidade com leis e regulamentos.

Esse conceito abrange todas as políticas, regras, controles internos e externos aos quais a organização precisa se adequar. Por isso, adequando-se ao compliance, suas atividades estarão em plena conformidade com as regras e legislações aplicadas aos seus processos.


Tanto a empresa como todas as pessoas que nela trabalham, inclusive fornecedores de interesse, precisam se comportar de acordo com as regras dos organismos reguladores, e devem garantir o fiel cumprimento dos diversos instrumentos normativos internos. Afinal, somente desta forma a empresa estará em compliance ambiental, trabalhista, financeiro, de segurança do trabalho, operacional, contábil, etc.


Compliance na construção civil


Esses mesmos regulamentos que servem para outras áreas, também servem para a construção civil, pois eles desempenham um papel importante na garantia da qualidade na Construção Civil.


Quando um novo empreendimento é iniciado, as tarefas de inspeção, verificação e avaliação precisam estar presentes para que a empresa idealizadora não corra riscos judiciais, por isso, é fundamental ter uma política de ética e compliance na Construção Civil.


Dessa forma, a empresa se mantém em conformidade com as leis que regem o país além das legislações específicas do setor, especialmente em relação às questões fiscais.

A ONU (Organizações das Nações Unidas) e o Pacto Global pelo Combate à Corrupção deram partida para os debates a respeito do tema compliance na construção, com o objetivo de oferecer diretrizes como orientação para gestores na elaboração de políticas de gestão de ética das redes privadas e públicas, diante disso, houve a elaboração do guia de ética e compliance na construção.



ESG


ESG é uma sigla do inglês, que traduzida, significa ambiental, social e governança, é apontada como grande tendência do mercado pós-Covid-19, está ligada à evolução dos princípios da sustentabilidade incorporados ao mundo corporativo. Neste contexto, o lucro a qualquer custo está sendo substituído por discussões e buscas por um desenvolvimento de negócios mais sustentáveis.


O tema aborda questões como a relação das empresas com assuntos como o combate a mudanças climáticas e igualdade de gêneros. Os critérios do ESG entram como uma metodologia de identificar empresas com modelos de negócios mais sustentáveis, mais transparentes e que adotam uma cultura de respeito e inclusão.


E (Environmental, ambiental em português)


A letra E da sigla se refere às práticas de uma empresa em relação à conservação do meio-ambiente e sua atuação sobre temas como:

  • Aquecimento global e emissão de carbono;

  • Poluição do ar e da água;

  • Desmatamento;

  • Gestão de resíduos.


S (Social, similar em português)


Já a letra S diz respeito à relação de uma empresa com as pessoas que fazem parte do seu universo, como:

  • Satisfação dos clientes;

  • Proteção de dados e privacidade;

  • Relacionamento com a comunidade.


G (Governance, governança em português)


A letra “G” se refere à administração de uma empresa.

  • Conduta corporativa;

  • Relação com entidades do governo e políticos;

  • Existência de um canal de denúncias.

ESG na construção Civil


A Construção Civil gera um grande impacto no meio ambiente, e a sociedade tem visto se atentado cada vez mais às questões ambientais, sociais e de governança, o que coloca o ESG como elemento-chave na estratégia da Construção Civil.


Neste contexto, as empresas devem agir de modo transparente, uma vez que o público em geral, inclusive investidores esperam que elas se somem às ações ambientais para compor as prioridades da indústria construtiva.


Com a aplicação dos ESG’s a Construção Civil deve buscar edifícios com certificação ecológica, que priorizem maior eficiência elétrica e hidráulica, sem deixarem de ser confortáveis, seguros e eficientes, consequentemente respeitando o meio ambiente, às pessoas e à sociedade.


Gostou do artigo? Então comente sua opinião e siga nossas redes sociais que traz sempre assuntos relevantes sobre locação de equipamentos, construção civil, sustentabilidade, e muito mais!


Facebook: facebook.com/alugalogo

Instagram: instagram.com/alugalogo

LinkedIn: linkedin.com/company/alugalogo/


#Alugalogo #digitalização #ESG #ASG #sustentabilidade #caçamba #meioambente #construçãocivil