top of page

Como tornar o seu condomínio mais sustentável?


Condomínio Sustentável
Imagem de Jude Joshua por Pixabay

Quando se fala em condomínio mais sustentável, estamos falando de medidas de preservação ambiental que englobam ações realizadas durante a construção e também aquelas que podem ser aplicadas após a entrega.


Dentro desse campo de medidas preventivas, podemos citar inúmeras boas práticas e também exigências que devem fazer parte do dia a dia da execução ou manutenção de um condomínio. Elas, além de garantir que o meio ambiente não sofra danos, ainda pode trazer muitos benefícios para os moradores.


Para entender melhor, reservamos este artigo para que esse assunto fosse um pouco mais aprofundando, deixando assim em evidência a real importância da presença da conscientização ambiental na construção civil e na manutenção condominial.


Qual o papel da construção civil na preservação do meio ambiente?


O setor da construção civil é um dos que mais causa impactos no meio ambiente. Isso se dá pelo fato dele apresentar um alto consumo de recursos naturais, além dos resíduos gerados e descartados após cada etapa da obra. Diante disso, é imprescindível que ações preventivas e sustentáveis sejam aplicadas nessa área.


Com base nessas informações e também no conceito de sustentabilidade nesse setor, a construção civil deve atuar a favor de garantir que todas as fases de uma obra sejam executadas com atitudes que visam a redução dos possíveis impactos ambientais. Tudo isso faz com que o campo de atuação dessas medidas seja amplo, podendo ser aplicados também em edificações já existentes.


Quais medidas podem ser tomadas para a construção de um condomínio sustentável?


Condomínio Sustentável
Imagem de Tom por Pixabay

Em primeiro lugar, é importante entender o que de fato é um condomínio sustentável. Pode-se dizer que ele é um lugar, espaço ou edificação que segue padrões voltados para a preservação da natureza.


Mas como funciona? O que precisa ser feito para que ele passe a ser considerado um condomínio sustentável?


Existem inúmeros fatores que podem fazer com que uma construção ou edificação assuma esse posto. Porém, vale levantar algumas questões que podem fazer com que isso aconteça. A primeira ocorre quando a obra ainda está acontecendo. Nesse caso, toda a execução deve ser baseada em normas, padrões e resoluções ambientais para tudo fique em ordem.


Agora, quando falamos de um espaço que leva o nome de condomínio sustentável após um tempo da entrega, quer dizer que ele passou por mudanças significativas, envolvendo reformas, adaptações e até mudança de comportamento dos moradores.


Independentemente se for uma construção ou um local pronto, é possível citar alguns exemplos de medidas de preservação ambiental que podem ser aplicadas.


Veja a seguir alguns deles, assim como os benefícios de morar em um local em que eles foram escolhidos para fazer parte:


Investimento em energia solar


Apesar de apresentar um valor um pouco elevado para que as placas ou sistema de captação escolhido seja instalado, o investimento em energia solar ainda vale a pena, ainda mais no Brasil. Porém, se conta ainda não fechar, hoje há várias fazendas solares que fornecem o serviço de fornecimento de energia usando a rede de distribuição atual.


A sustentabilidade nesse tipo de captação acontece por usar a fonte solar como gerador de energia e isso faz com que o meio ambiente não seja tão afetado quanto os outros meios de captação existentes. Além disso, ainda é possível utilizar o sistema para o aquecimento de água, trazendo também como benefício a economia com o chuveiro elétrico, o maior vilão do consumo residencial.


Uso de sistema de reaproveitamento de água


Os sistemas de reaproveitamento de água são diversos e podem ser adaptados a múltiplos projetos. É muito comum que em condomínios sustentáveis existam um sistema de captação de água da chuva, por exemplo. Essa água pode ser reservada e utilizada para a realização da limpeza do condomínio, cuidado com as plantas e outros.


Isso faz com que a água potável seja economizada, preservando esse recurso natural tão valioso.


Separação dos resíduos e uso de caçamba licenciada


A partir do momento em que um projeto de condomínio sustentável sai do papel e vai para campo, um dos primeiros passos a serem feitos é o planejamento do descarte dos resíduos gerados pela obra.


O grande problema acontece devido muitas administradoras e construtoras acabarem não fazendo a escolha certa. Isso faz com que o trabalho de preservação ambiental fique incompleto.


Mas como as construtoras ou os responsáveis pelas reformas de condomínios podem estar seguros nessa questão?


O primeiro passo é verificar se a caçamba contratada vem de uma empresa que segue os padrões ambientais. Além disso, é importante verificar se ela trabalha com a separação de resíduos e descarte nos locais corretos.


O que acontece é que devido ao trabalho extremo presente em uma obra ou manutenção, muitas construtoras acabam não tendo tempo para pensar nessas questões.


O ponto positivo é que a Alugalogo pode resolver esse problema. Nós temos parcerias apenas com empresas licenciadas e que seguem todos os protocolos de preservação do meio ambiente. Os nossos consultores possuem ampla experiência em diversos tipos de construção, incluindo obras de condomínio sustentável.


Aproveite então para entrar em contato e garantir o futuro do planeta.

bottom of page